Você já ouviu falar sobre a bicicleta fat bike? Não, você não leu errado. O termo significa, em tradução literal, “bicicleta gorda”. Bem diferente do apelido de “magrela” que muitas bikes recebem dos seus donos. Mas, afinal, o que é isso?

As fat bikes são, na verdade, bicicletas com pneus mais largos. Eles são bem robustos e bastante característicos, sendo impossível deixá-los passar despercebidos. E é claro que esse modelo tem um monte de funcionalidades únicas.

Quer descobrir mais sobre as fat bikes e saber qual é a função delas? Então, continue a leitura, confira as suas características e veja se esse é o modelo adequado para as suas necessidades como ciclista!

O que é uma bicicleta fat bike?

São bicicletas com pneus mais largos, que podem chegar a até quase 5 polegadas (contra as 2 das bikes convencionais). Além disso, eles têm uma pressão menor e contam com aros maiores, facilitando a movimentação em certos ambientes.

Quais são as suas vantagens?

Algumas das vantagens das fat bikes são:

  • mais estabilidade para pedalar;

  • mais segurança para o ciclista em terrenos acidentados;

  • muito conforto;

  • facilidade na execução dos movimentos.

E as desvantagens?

Não há qualquer desvantagem em utilizar uma fat bike. O que existe, na verdade, é a indicação certa para o uso desse modelo.

É importante verificar quais são as suas necessidades e averiguar se elas se encaixam na aquisição de uma fat bike. Um ciclista iniciante ou que usará a bicicleta para passeio, por exemplo, dificilmente precisará fazer esse investimento.

Para que tipo de ciclista a fat bike é indicada?

Elas são indicadas para percursos em terrenos mais acidentados ou de difícil locomoção. Alguns bons exemplos são:

  • áreas desérticas;

  • ambientes cobertos por neve;

  • costa litorânea, com muita areia;

  • terrenos com lama ou solo mais pesado;

  • áreas instáveis ou com muitos obstáculos;

  • viagens longas pela estrada.

Quais são os cuidados que devem ser tomados com esse modelo de bicicleta?

Os cuidados que devemos ter com uma fat bike são idênticos aos que são fundamentais para uma bicicleta tradicional. Eles incluem:

  • revisões periódicas;

  • limpeza frequente;

  • calibragem dos pneus;

  • bom condicionamento do produto, guardando-o, sempre que possível, longe da chuva e do vento.

Um dos mais importantes é, sem dúvidas, a contratação de um bom seguro para bicicletas. Assim, você garante tanto a sua segurança quanto a da bike, conquistando uma cobertura para roubo, furto qualificado e acidentes.

Como escolher a fat bike ideal?

O modelo ideal pode variar muito para cada necessidade. Durante a escolha, é fundamental que você:

  • pesquise bem os valores;

  • tenha atenção às características;

  • fale com profissionais qualificados para orientá-lo;

  • priorize marcas conhecidas e com boa reputação no mercado.

Assim, não tem erro!

Agora que você já sabe o que é uma bicicleta fat bike e quais são as suas indicações, não perca tempo. Se esse for o modelo ideal para você, adquira o seu quanto antes e não se esqueça de garantir a sua segurança com um bom seguro!

Para que mais pessoas saibam o que é uma fat bike, compartilhe este artigo em suas redes sociais e faça com que ele se espalhe mais rapidamente!