Para pedalar longas distâncias, o ciclista precisa sim tomar algumas precauções. Além do próprio estado físico, que pede um pouco de preparação, há outros elementos e fatores externos que podem influenciar na experiência. Seja para tornar essas pedaladas extensas um hábito, seja para uma atividade em específico, você precisa se cuidar!

Já pensou estar bem longe de casa, apenas com a bike, e ter algum problema nela? Essas situações são possíveis e, por isso, é necessário se prevenir. Além disso, alguns cuidados devem ser priorizados para garantir sua segurança e bem-estar. Trouxemos quatro dicas para você se dar bem nessa missão. Continue lendo e descubra quais são elas!

1. Faça manutenção da bicicleta

Você faria tranquilamente uma viagem de 10 horas de carro se não tivesse certeza que o carro está bom? Certamente, a resposta é não. Com a bike, a ideia é a mesma. Se você pretende pedalar longas distâncias, deve pensar sobre a capacidade de carga da bicicleta, além de fazer uma avaliação sobre as condições em que ela se encontra.

Há bicicletas mais indicadas para quem quer ser um ciclista dessa modalidade. A recomendação número um é fazer manutenção da sua companheira de pedaladas. Assim, você descobrirá também qual tipo de atividade ela aguenta e quais são os possíveis problemas que você pode enfrentar em cada tipo de situação.


2. Invista em sinalização

A roupa específica para ciclistas dá essa noção: é preciso ser visto, principalmente se você pretende pedalar em estradas ou à noite. Sendo assim, além de investir em uma roupa adequada no sentido de conforto e bem-estar, é fundamental priorizar pela sua segurança também.

A bicicleta também pode contar com luzes e faixas daquelas que se destacam de acordo com a luminosidade. Avisos sonoros não são uma má ideia, mas os use com moderação. Algumas bicicletas são equipadas com lâmpadas — inclusive quando o freio é pressionado, no estilo de um farol. Customize a sua bike de forma que deixe a sua pedalada mais segura.

3. Cuide de você mesmo

Cuidar de você é essencial para pedalar longas distâncias. Além de boa alimentação, a hidratação não pode ficar de fora. Lembre-se de que, mesmo em velocidade constante, você está em movimento, se exercitando o tempo todo. É preciso repor os líquidos e energia. Sinta seu ritmo usando a bike para ir trabalhar, por exemplo.

Além disso, cuide da sua pele, no caso de dias de Sol, usando protetor. Se puder, leve um repelente. As roupas confortáveis, o sapato adequado para pedalar e, é claro, seu equipamento de segurança, como capacete, são imprescindíveis. Se preocupe também em não carregar muito peso com você.

4. Faça a devida preparação

Quando falamos que você deve se preparar, não estamos falando apenas da manutenção da bicicleta ou dos itens necessários enquanto se realiza o trajeto, mas também sobre o seu preparo de um modo geral. Comece aos poucos — vá aumentando sua capacidade de pedalar gradativamente. Não adianta ir até a padaria de bicicleta todo dia e depois querer ir até outra cidade, entende? Se condicione física e psicologicamente.

É importante pensar que as condições do dia afetarão você (e muito!) quando a meta é pedalar longas distâncias. Então considere o clima, a mobilidade da cidade, além do seu próprio estado psicológico para realizar esse caminho nesse dia. Além disso, não deixe de se precaver caso nada dê certo.

Por fim, a sugestão é: avalie se vale a pena fazer um seguro para a sua bicicleta, pois sempre estamos sujeitos a acidentes e incidentes. Faça a sua parte para evitá-los e estar amparado em caso de problemas.

Para entender mais sobre como esse seguro funciona, leia o post sobre o assunto que preparamos para você!