Você provavelmente já ouviu o termo carência do seguro, certo? Mas sabe realmente do que se trata e quais são suas particularidades? Entender este conceito é importante para quem deseja contratar um seguro sem ter surpresas desagradáveis.

Afinal, diferentes modalidades de seguro apresentam também exigências distintas. Seja um seguro de vida, um seguro para bike ou seguro celular, é fundamental que você se atente às exigências da seguradora e que se informe sobre seus direitos. Continue a leitura e entenda mais sobre o tema!

Afinal, o que é a carência do seguro?

Nada mais é do que um período em que a seguradora não possui responsabilidades de te reembolsar. Normalmente, esse período começa logo após a assinatura do contrato e vigência do plano, já que muitas seguradoras não prestam assistência inicial.

De forma resumida, você realiza o pagamento das prestações, mas só passa a ser protegido após esse tempo de carência, estabelecido pelo contrato. É importante entender que, ainda que seja bastante comum no mercado, essa carência não é exigida por algumas seguradoras ou que é negociada em muitos casos.

Qual é o período da carência do seguro?

Como comentamos acima, a carência do seguro muda dependendo da seguradora e do bem protegido, indo de uma semana a 30 dias, por exemplo. Em alguns casos, como no seguro de vida, o prazo de carência pode ser de 90 dias. Por isso mesmo, antes de fazer a escolha, analise suas necessidades mais urgentes e verifique como a empresa vai ajudar.

Sua preocupação é com o roubo de um celular ou você deseja fazer um seguro de bike para se proteger durante o esporte? A definição dessa prioridade é o que vai nortear toda a sua conversa e a negociação com a seguradora.

Também é sempre importante avaliar o retorno sobre o investimento e analisar como a carência do seguro afeta suas finanças. Afinal, durante o período sem o seguro ativo é sempre importante contar com uma reserva de emergência.

O que analisar no contrato do seguro?

A lógica para a contratação de um seguro é simples e segue os princípios de mercado. Não é recomendado que você compre determinado produto sem conhecer suas principais características e funções, não é mesmo?

A analogia se aplica perfeitamente aqui. Imagine contratar um seguro sem saber o que ele cobre! Por isso, se informe e leia o contrato atentamente antes de fazer a negociação, pois todos os aspectos que envolvem esse processo sempre são documentados. Para além do tempo de carência, é importante que você se atente a:

  • identificação do segurado;
  • valor da indenização;
  • condições para o pagamento da indenização;
  • valor da contribuição periódica, entre outros fatores.

Aqui na Kakau, você não precisa se preocupar com a carência. Estará protegido logo após a contratação! Por isso, a adesão aos nossos seguros é realmente benéfica, pois ter mais tranquilidade e proteção é fundamental nos dias de hoje. Além disso, o seguro garante mais qualidade de vida para você e para a sua família. Mas é sempre bom ficar por dentro dos termos de seguros, ou o famoso "segurês", não é verdade?

Entendeu o que é a carência do seguro e como ela funciona? Esperamos que sim! Se você deseja contratar um seguro, mas busca por um processo mais simples, rápido e transparente, entre em contato conosco!