As trilhas de MTB em São Paulo têm diversos tamanhos e níveis de dificuldade. Elas estão presentes em todo o estado paulista, e muitas estão a menos de 150 km da capital, São Paulo.

Sabemos que a prática de exercícios físicos é essencial para ter uma vida mais completa e saudável. Por isso, muitas pessoas têm como principal meio de transporte, a bike.

Há aqueles que utilizam a bike para práticas esportivas, como o Mountain bike (MTB), e preferem fazer percursos longe das grandes cidades. Dessa forma, entram em contato com a natureza e tem bons desafios para superar. Existem rotas para todos os gostos, dos mais pacatos aos mais radicais.

Para ajudar você a se orientar em novas rotas na prática desse esporte — descobrindo oportunidades para se divertir e, de quebra, cuidar da saúde física e mental —, listamos 6 das melhores trilhas para fazer com a sua bike. Fique por dentro de algumas curiosidades sobre essas trilhas, conheça as localizações e planeje o seu próximo passeio!

1. Cachoeira do Jamil

A cachoeira secreta de São Paulo, como também é chamada a Cachoeira do Jamil, é pouco conhecida pelos habitantes da capital paulista devido ao seu acesso não muito facilitado. É um paraíso natural que fica a 45 km do centro em direção ao sul da cidade.

Toda sua estrutura é de responsabilidade da propriedade em que se encontra. Por isso, um pequeno valor é cobrado para o acesso às cachoeiras e uma das melhores e maiores trilhas de MTB em São Paulo. É possível acampar e alugar espaços com cozinha e churrasqueiras no local, mas prepare-se, pois não há acesso à luz nem cobertura de celular.

2. Caminho do Sal

Relativamente próxima da capital, a cidade de São Bernardo do Campo também tem o que mostrar quando o assunto é trilha de MTB. Conhecida rota ecoturística da cidade, o Caminho do Sal é mantido pela prefeitura local. Conta com mais de 50 km de trilhas, com muita aventura para quem quer ficar pertinho da Mata Atlântica e aproveitar o contato com a natureza.

O lugar é muito indicado para a prática de cicloturismo, mas também é muito procurado pelos praticantes de MTB. Por suas trilhas, riachos e lagos de água cristalina, o Caminho do Sal acaba sendo um lugar abençoado. É uma ótima pedida para quem quer dar uma relaxada, se afastar um pouco da cidade e tomar um maravilhoso banho de rio depois do dia todo pedalando.

3. Parque Cemucam

O Parque Cemucam também é um local de natureza exuberante, com seus 500 mil metros quadrados e mais de 120 espécies da nossa rica fauna. Além disso, está bem próximo da capital, localizado na cidade de Cotia. Ele foi criado em 1968, com a finalidade de divulgar o campismo e atender o movimento escoteiro.

O local apresenta desde trilhas mais leves para caminhadas e a prática de ciclismo até algumas trilhas para aqueles que procuram experiências mais radicais. Já aconteceram algumas competições de MTB no Parque Cemuncan, então, vale a pena procurar a administração do parque para saber das próximas. É o tempo de se preparar para vencer!

4. Volta de Represa de Itupararanga

A Represa de Itupararanga é uma das paisagens mais bonitas do interior. A menos de 150 km da capital, algumas cidades (Sorocaba e Ibiúna por exemplo) dividem a represa, que é uma das maiores reservas de água da região.

Então se você está procurando um terreno mais tranquilo para passear pedalando entre estradas de terra e o asfalto, essa dica é para você. Lá, você terá acesso a paisagens deslumbrantes. Esse é um caminho para quem busca mais paz e menos aventura.

Outra coisa que pode ser bastante interessante: o preço mais acessível da região. É possível planejar toda a volta na represa, que pode durar dias — dormindo nas pousadas, pois não são muito caras e costumam ser bastante confortáveis.

5. Parque Estadual Ilhabela

Também conhecido como “parque-arquipélago”, o Parque Estadual Ilhabela está nas opções daqueles que gostam do clima do litoral para realizar atividades ciclísticas. Ele fica na cidade de Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, e conta como uma estrutura turística bastante impecável.

Com montanhas com mais de 1.300 metros de altitude, o parque oferece trilhas enormes para a prática de MTB, com conforto e segurança garantidos. Vale a pena lembrar que o acesso por meio de bike ou a pé é livre, e não há cobranças — em contrapartida, os carros e as motos precisam se atentar ao número limite estabelecido pelo parque.

6. Fazenda Ipanema

A cerca de 120 km da capital, na cidade de Iperó, encontra-se a Fazenda Ipanema. O local tem um legado histórico sobre a formação da região. Seus limites contam com uma área verde muito preservada e rica, com fauna e flora silvestres, prontas para serem observadas pelos visitantes.

Vários tamanhos e tipos de terrenos montanhosos garantem a diversão de quem gosta de MTB. O Sítio Histórico fecha com chave de ouro as diversas trilhas presentes na fazenda, que conta também com casarões e fábricas antigas, que fazem parte do nosso patrimônio histórico. Essa é uma excelente escolha para aos aventureiros que gostam de saber mais sobre a história das antigas fábricas de ferro do Brasil.

Neste post, listamos apenas algumas das diversas alternativas para a prática de trilhas de MTB em São Paulo. Agora, tudo o que você tem que fazer é escolher a que mais tem a ver com o seu estilo, se preparar e partir para a aventura! Procure saber detalhes sobre as trilhas que você mais gostou para não ter nenhum tipo de imprevisto — como horários de funcionamento e taxas. Aconselhamos sempre colocar a segurança em primeiro lugar, então, atente-se sempre a isso!

Gostou de saber sobre as possibilidades de novos passeios pertinho da sua casa? Então, mostre este post aos amigos, colegas e contatos nas redes sociais, para que eles saibam que isso é possível! Compartilhe as nossas dicas!