Smartphones não são produtos baratos. Por isso, manter o display do aparelho seguro contra fortes impactos que podem diminuir a sua vida útil, como quedas que causam arranhões e tela trincada, é essencial. Essa é uma das primeiras preocupações de quem adquire esse item de consumo.

Nesse contexto, existem diversos tipos de películas para celular que prometem protegê-lo. Elas já se tornaram um item fundamental para quem usa smartphone, tudo para garantir a segurança do aparelho e o conforto dos seus usuários.

Pensando nisso, neste artigo você vai entender melhor as características das películas para celular existentes no mercado. Assim, poderá escolher a que melhor atender às suas necessidades e não desperdiçará o seu dinheiro. Acompanhe!

Película de vidro

Esse tipo de película é o mais comum. O seu material de vidro é mais espesso e resistente e, assim, consegue proteger o aparelho contra arranhões e trincamentos causados por quedas. Contudo, pode diminuir um pouco a sensibilidade do sensor de touch na tela, mas nada que afete o seu uso.

Película de PET

Essa espécie de película é formada por politereftalato de etila — uma espécie de composto plástico presente nas garrafas PET e em outras embalagens de alimentos. Esse material garante forte proteção contra impactos.

A grande vantagem é o seu custo-benefício e a espessura — tem um baixo preço e é extremamente fina, podendo ser usada para telas em formato curvo. Além disso, o toque costuma ser bem suave.

O único ponto negativo verificado é que ela deixa o visor com mais brilho, o que pode desagradar alguns consumidores. Porém, esse problema pode ser facilmente resolvido, basta ajustar as configurações do aparelho.

Película de privacidade

Essa proteção é mais grossa do que as películas convencionais — o que pode impactar sua estética. A sua tecnologia bloqueia a visão lateral da tela do aparelho. Desse modo, ela promete ampliar a privacidade do consumidor, impedindo que outras pessoas visualizem a tela do celular por outro ângulo que não seja o frontal, ou seja, quem estiver ao lado do usuário não consegue enxergar o visor.

Película líquida

A película líquida protege a tela do telefone contra respingos e arranhões de uma maneira simples. Basta pingar algumas gotas na tela do aparelho e espalhar bem, de forma a criar uma espécie de camada protetora que fica praticamente imperceptível e invisível. Contudo, a camada, por ser bem fina, pode não cumprir bem a função que promete, deixando escapar alguns arranhões, por exemplo.

O alto preço dos smartphones exige um cuidado especial no seu manuseio e transporte, a fim de evitar quedas e problemas prematuros que podem quebrar o aparelho e afetar as funções do sistema. Nesse sentido, as películas para celular surgiram como uma proteção extra, permitindo que o telefone se mantenha intacto, íntegro e em pleno funcionamento. Além disso, aumentam a sua durabilidade.

Agora que você já conhece os diversos tipos de películas para celular, que tal saber mais sobre os modelos de celulares resistentes à queda? Acompanhe mais um de nossos artigos!