Atualmente, proteger o celular é algo fundamental. Afinal, armazenamos em nossos aparelhos milhares de informações pessoais que, se acessadas por outras pessoas, podem nos deixar em situação de vulnerabilidade e colocar a nossa integridade em risco.

Pensando nisso, vamos listar neste post 5 ações que podem ser tomadas para aumentar a proteção do seu celular. Confira! 

1. Colocar uma senha de bloqueio

Uma das principais ações que ajudam a proteger o seu celular é colocar uma senha de bloqueio na tela inicial. Isso é muito importante porque impede que outras pessoas consigam entrar no sistema do seu smartphone e prejudicar a sua privacidade.

Existem basicamente três formas de realizar esse bloqueio: senha deslizante, numérica ou um código PIN. Aqui, o ideal é que você pense em uma senha difícil, pois códigos fracos podem não resolver o problema. Nos aparelhos mais modernos é possível, ainda, bloquear o acesso por meio da sua digital com o recurso scanner de digitais.  

2. Fazer uso de recursos remotos

Além de colocar a senha de bloqueio na tela, outra ação válida para proteger o seu celular é utilizar recursos remotos. Isso significa usar outros dispositivos para acessar o seu smartphone por meio da rede de internet. 

Por meio desses recursos, você pode obter a localização de seu aparelho, apagar os dados e bloquear o seu celular, tudo remotamente. Essas funções podem ser úteis em situações de perda ou de roubo do aparelho, podendo ajudar a polícia a identificá-lo.

3. Configurar os aplicativos

Outra ação importante é configurar os aplicativos para impedir que outras pessoas possam fazer uso deles. Você pode, por exemplo, selecionar quais apps devem conter senhas para proteger a sua privacidade, como aplicativos de banco, e-mail, redes sociais etc.

Para facilitar a memorização, você pode usar o mesmo código de bloqueio de tela para configurar os aplicativos, uma vez que gravar uma senha diferente para muitos acessos é uma tarefa muito difícil.    

4. Usar um backup automático

Usar um backup automático também é outra forma de proteção, pois, mesmo que aconteça algum problema com o seu celular, você não vai perder os preciosos dados que foram armazenados no dispositivo. 

Assim, você pode fazer uso de aplicativos, como o Google Drive, para salvar fotos, músicas e vídeos na rede. Contudo, esse backup automático precisa ser configurado para atuar com frequência, já que permitir intervalos muito longos não é nada recomendável.  

5. Fazer a criptografia de dados

Por fim, fazer a criptografia de dados é fundamental para garantir ainda mais tranquilidade. Criptografar os dados garante mais segurança para as suas informações, pois você pode utilizar um protocolo com uma chave adicional para bloquear o seu aparelho e aplicativos.  

Agora que você já conhece algumas das principais ações para proteger seu celular, é hora de colocar as nossas dicas em prática para evitar que o acesso de outras pessoas prejudique a sua privacidade. Aqui, vale lembrar que se prevenir é a melhor forma de evitar problemas.

Gostou do nosso post? Então, aproveite para seguir as nossas páginas nas redes sociais e acompanhar as nossas atualizações! Estamos no Facebook, no Instagram e no LinkedIn!