Contratar um seguro de bicicleta elétrica é essencial para ficar protegido contra furtos e danos ao seu bem. A manutenção do equipamento também é importante, pois, se a bike for bem cuidada, ela vai durar muitos anos. 


Então, além de ter um veículo econômico por muitos anos, zelar pela sua “magrela” ainda evita ter custos com reparos ou compra de uma bicicleta nova.


Vale lembrar que uma bicicleta elétrica é bem mais cara que uma bike convencional. Mas, quais são os cuidados necessários para manter sua bicicleta funcionando perfeitamente? Confira as dicas que separamos especialmente para você!


1. Certificar-se sempre da adequação dos pneus

Para atingir uma boa velocidade e funcionar bem, os pneus da bike devem estar sempre cheios. Além disso, é bom sempre calibrar os pneus e verificar se eles estão com a pressão correta e se estão em boas condições, ou seja, não estão carecas.


A calibragem dos pneus garante uma pedalada mais leve e confortável em terrenos irregulares e economiza o motor, o que aumenta a longevidade do equipamento.

2. Limpar com pano úmido, evitando as catracas

Não adianta investir em um seguro de bicicleta elétrica e jogar água na bike na hora da limpeza. Claro que manter seu veículo sempre limpo faz parte da manutenção preventiva, mas a higienização deve ser feita com pano úmido e produtos específicos.


Para o quadro, um paninho úmido já é suficiente. As correntes devem ser limpas com escovas de dentes e querosene, e as coroas com pincel e querosene. Mas, nada de usar esses recursos de limpeza nas catracas. Para elas, utilize produtos específicos.


3. Usar o acelerador sem abusos

O motor é uma peça importante da bike elétrica e também, a parte mais cara do veículo. Por isso, você deve cuidar dele e uma das formas de fazer isso é evitar acelerar demais sua bicicleta. Apesar de ela ser elétrica, a bike não é uma motocicleta e não suporta grandes velocidades.


Se você acelerar sua “magrela”, ela vai ficar sobrecarregada e o motor terá uma vida útil menor, sem falar que andar em alta velocidade, principalmente dentro da cidade, é perigoso para o ciclista.


4. Evitar “dar caronas”

Oferecer carona para um amigo ou conhecido é uma gentileza que vai diminuir a vida útil de sua bike. Isso porque o sobrepeso constante esgota os pneus e o motor, além de consumir mais bateria. Claro que dar carona de vez em quando não tem problema, o que não pode é fazer isso com frequência.


5. Contratar um seguro de bicicleta elétrica

Outra forma de garantir vida longa para sua “magrela” é fazer um seguro de bicicleta elétrica. Esse serviço protege seu bem contra furtos, roubos e danos causados por acidentes, além de oferecer uma proteção contra prejuízos a terceiros.

Seguindo esses cuidados de manutenção e fazendo um seguro de bicicleta elétrica, você pode pedalar tranquilamente. Não precisa ficar com medo de ser assaltado ou de sua bike sofrer algum dano por causa de acidente, pois, se isso acontecer, basta acionar o seguro.

Gostou do post e quer saber como funciona o seguro para bike elétrica?


Fale com a Anna nossa assistente virtual!