Conheça 3 tipos de seguro de bike e como funcionam

Contratar um seguro de bike é uma forma de proteger seu bem, que muitas vezes, é seu veículo de trabalho. Bicicletas são muito práticas, mas também, fáceis de roubar. Além disso, quando ocorre um acidente, a magrela pode sofrer danos sérios e, no caso de bikes mais caras, o reparo não fica barato e comprar outra nem sempre é possível.

Então, fazer um seguro vai deixar você mais tranquilo, pois, caso incidentes aconteçam, você terá suporte da empresa seguradora. Mas, com funciona um seguro de bike? Quais são os tipos existentes? Vamos responder a estas e outras perguntas ao longo deste post!


Como funciona um seguro bike?


O seguro para bike é bem parecido com um seguro para automóvel e há diversos tipos de cobertura e modos de contratação. A contratação do serviço acontece em etapas e na primeira delas, a seguradora verifica se você realmente é o dono da bicicleta.

Então, a seguradora vai passar os valores dos planos e coberturas para o cliente, além das condições para que o seguro seja acionado. Se ambas as partes estiverem de acordo, o contrato será assinado e, então, sua bike estará protegida em diversas situações.


O que o seguro para bike cobre?


O seguro para bicicleta oferece cobertura em diversas situações. Veja quais são elas:


  • roubo e furto qualificado — que pode ocorrer durante o uso, transporte ou guardada;
  • acidente ou quebra — custos com reparos ou substituição, em casos de incidente durante passeios ou transporte da bicicleta;
  • responsabilidade civil — danos causados por terceiros, como atropelamento;
  • assistência 24 horas — em casos de pneus furados, acidente pessoal, agressão e ferimentos pessoais decorrentes destes fatos, devidamente declarados às autoridades competentes, ou qualquer outra situação que impeça a locomoção da bicicleta em segurança;
  • reboque — reboque ou transporte adequado para casos de acidente — desde que não ultrapasse os 40 km de ida mais 40 km de volta;
  • transporte — transporte em caso de mal súbito do ciclista. Nesse caso, há transporte para a bike e para a pessoa.


Nos casos de reboque e transporte, há um limite de utilização de até duas vezes ao ano.


Quais são os tipos de seguro de bike?


O valor da parcela do seguro depende do tipo de serviço oferecido e, também, da operadora escolhida. A seguir, vamos mostrar quais são os tipos de seguro para bike disponíveis. Vamos lá?


1. Kakau Mobi Performance


Esse plano é o mais completo de todos e oferece cobertura para diversas situações. Por causa disso, o valor também é mais alto e varia de acordo com o valor da bike. Bicicletas de trilha, por exemplo, que são mais modernas e mais caras, vão ter um seguro mais alto.

Veja quais são os serviços oferecidos no seguro mobi performance:

  • roubo e furto qualificado;
  • acidente ou quebra;
  • responsabilidade civil;
  • assistência 24h;
  • transporte e reboque;
  • extensão para transporte internacional.



2. Kakau Mobi Ativo


O seguro mobi ativo oferece uma cobertura menor que o anterior, mas, dependendo do tipo de sua bike e da utilidade dela, ele já é o suficiente. Até porque o plano é mais econômico, justamente por não ser tão completo. Ao contratar essa opção, você estará segurado em casos de:

  • roubo e furto qualificado;
  • acidente ou quebra;
  • assistência 24h;
  • transporte e reboque.


3. Kakau Mobi Urbano


Este é o seguro para bike mais básico de nossa lista e o mais econômico. Veja o que está incluído nessa opção de proteção para sua bike:

  • roubo e furto qualificado;
  • transporte ou reboque;
  • assistência 24h.


Além de considerar os serviços oferecidos, o valor do seguro é calculado aplicando-se a taxa prevista sobre o valor da bike. Quando o contratante inclui mais uma ou duas bicicletas no contrato, é aplicado um desconto progressivo de 10 e 15%.


Quais são as vantagens desse tipo de seguro?


Uma bicicleta é um veículo muito fácil de ser roubado, por isso, são muito visadas. No caso de roubo de uma bike moderna, ideal para trilhas, o prejuízo pode ser muito grande, dependendo do valor da bicicleta.

Imagine ter uma bike de mais de R$ 10 mil roubada e não ter seguro? É um grande prejuízo, pois este é um valor muito alto. Então, contratar um seguro é a melhor forma de evitar perda de dinheiro em casos de furto.

Além disso, acidentes são muito comuns, principalmente aqueles mais graves. Outra vantagem do seguro é que o valor da apólice pode ser ajustado de acordo com suas necessidades e orçamento. O serviço é ágil e oferece cobertura ampla, o que deixa o ciclista mais seguro para pedalar pela cidade ou realizar trilhas.


Como escolher o melhor tipo de seguro?


Quando falamos em escolher um bom seguro para bike, não estamos dizendo para optar pelo mais caro ou pelo mais barato. Um plano básico pode atender às necessidades de uma pessoa, mas, para outra, a apólice mais completo é a ideal.

Na realidade, não há um tipo de seguro melhor, mas apenas aquele que é adequado ao seu perfil. Se você tem uma bike com um valor elevado e a utiliza bastante na cidade para trabalhar ou até mesmo para passear, o seguro mobi performance é uma opção mais adequada, devido à ampla cobertura.

Já para quem utiliza o equipamento apenas em situações esporádicas, o plano mobi urbano, que é o mais básico, pode ser o suficiente. Para fazer a escolha certa, analise a cobertura de cada tipo de seguro, suas necessidades e o valor da apólice.

O fator preço também deve ser considerado, pois não adianta pagar por um serviço muito caro e não conseguir honrar o compromisso.

Esses são os tipos de seguro de bike disponíveis. Mas, antes de contratar esse tipo de serviço, procure informações sobre a operadora. A reputação da seguradora diz muito sobre como ela trata seus clientes e sobre como o suporte é oferecido quando o serviço é acionado.

Gostou do post e quer como contratar um seguro para sua bike? Entre em contato conosco agora mesmo!