Fazer uma cicloviagem é um modo saudável e muito gostoso de unir passeio e exercício físico. Durante o percurso, dá para curtir a natureza sem queimar gasolina e aproveitar belas paisagens, mas para desfrutar o máximo dessa experiência, é necessário um preparo especial de quem pretende se aventurar sobre duas rodas.

Planejamento é fundamental antes da viagem, assim como estar com o corpo em dia, fazer um roteiro de paradas e separar tudo o que for levar com antecedência. Durante os preparativos, é normal surgirem dúvidas sobre o que levar. Quais ferramentas são necessárias? Que tipo de comida levar? Que utensílios serão úteis?

Para ajudar com essas e possíveis outras questões, fizemos este post, que será de grande ajuda na hora de decidir o que levar para seu próximo pedal longo. Confira!

Kit pneu furado

Viagens longas expõem a bicicleta a diferentes pistas de diversos lugares, alguns especialmente desgastantes para as rodas da magrela. Nesse sentido, rasgos ou furos nos pneus podem encerrar precocemente uma viagem. Para evitar que isso aconteça, confira os itens básicos que você pode levar para resolver esse problema.

Câmara reserva

Câmaras com problemas podem ser remendadas, mas certos estragos demandam uma troca completa do item, que necessita estar em bom estado em uma viagem. Sendo assim, tenha uma de reserva.

Bombas de ar

Obrigatórias tanto quanto as câmaras reservas, as bombas permitirão a adequada calibragem do pneu após a troca da câmara e são úteis para resolver eventuais problemas com pressão. Recomenda-se levar modelos com manômetro para um enchimento mais preciso.

Espátulas para pneu

As espátulas facilitam muito o trabalho de quem for trocar uma câmara, então, para não desperdiçar tempo e energia, tenha algumas na viagem. 

Comidas e bebidas

Muitas vezes durante a viagem, o ciclista pode ter pela frente longos trechos sem restaurantes ou lanchonetes, o que faz com que seja necessário carregar alguns alimentos e bebidas para reposição de energias.

A regra geral é não levar nada que estrague com facilidade e optar por comidas leves e nutritivas. Veja, a seguir, o que é recomendável.

Água

É indispensável manter a hidratação para a prática de uma atividade física intensa. Além disso, percursos durante o dia podem ser especialmente desgastantes dependendo da intensidade do calor, e a água pode dar uma boa refrescada.

Oleaginosas

Amêndoas, amendoins, castanhas, avelã, pistache e nozes são alguns exemplos de oleaginosas que não vão estragar durante a viagem e que são ricas em gorduras saudáveis e antioxidantes — ideais para dar energia.

Frutas secas

Ótimo acompanhamento para as oleaginosas, as frutas secas também são ricas em nutrientes e fibras, dão bastante saciedade para quem come, além de dificilmente estragarem.

Outros itens para a cicloviagem

Há uma variedade de itens que devem ser levados e que não estão, necessariamente, relacionados à manutenção da bike ou à nutrição do ciclista. Confira alguns importantes.

Protetor solar

Essencial em toda atividade prolongada sob o sol, o protetor evita queimaduras graves e previne o câncer de pele. Lembre-se de verificar o fator de proteção e, se necessário, reaplicar o produto na pele.

Equipamento de segurança

Pequenos acidentes podem se tornar grandes transtornos sem as devidas precauções, e equipamentos como capacete e luvas são o básico para diminuir os riscos de eventuais quedas. Além disso, vale a pena investir em sapatilhas e trajes específicos, que protegem o corpo durante o pedal.

Celular

Além de permitir comunicação em situações de emergência, os smartphones contam com uma série de aplicativos para ajudar ciclistas, que podem auxiliar com mapas, localização ou com instruções de manutenção.

Esperamos que as dicas deste texto sejam úteis para você planejar a sua próxima cicloviagem. Vale a pena fazer uma lista com os itens necessários e não deixar para conferir se está tudo certo na última hora. Por fim, não se esqueça de levar uma câmera e fazer a viagem ser um momento inesquecível, registrando os melhores momentos em fotos.

Gostou do texto? Então, compartilhe-o nas redes sociais para ajudar mais aventureiros!