Para entender como funciona a nuvem, é preciso pensar no contexto de uso de nossos smartphones atualmente: você confia todas as suas informações a um aparelho, que detém a responsabilidade de mantê-las em segurança e sempre acessíveis.

É péssimo quando, por algum motivo, não podemos mais acessar o celular e, assim, perdemos o acesso a tudo que é importante — seja por motivos pessoais, como lembranças em formatos de fotos, vídeos etc, seja na questão profissional, quando se perde arquivos importantes.

Pensando nisso, hoje vamos explicar como funciona o armazenamento em nuvem e quais são as vantagens de utilizá-lo. Ficou interessado? Continue conosco!

O que é armazenamento em nuvem?

O armazenamento na nuvem se trata de salvar os seus arquivos em um espaço que não é físico, ou seja, não é palpável como um cartão de memória, um HD, armazenamento interno ou qualquer coisa do tipo. Assim, usar a nuvem elimina a preocupação e a falta de segurança de carregar um aparelho com todas as suas informações importantes.

A nuvem é como um espaço na internet no qual você pode salvar seus itens. Independentemente do formato — fotos, vídeos, apresentações, áudios ou arquivos de texto. Seus arquivos ficam guardados nesse espaço, que é acessível de qualquer aparelho com internet ou devidamente sincronizado.

Entenda como funciona a nuvem

Imagine esse espaço hospedado na internet. Lá, você detém uma pasta e pode armazenar tudo o que quiser — dentro da memória concedida pelo serviço —, sendo que a partir do seu acesso com login e senha, todos os arquivos podem ser acessados, compartilhados, editados etc.

Se o seu celular for roubado, por exemplo. Você pode, com tranquilidade, acessar sua conta de qualquer outro dispositivo e recuperar todas as suas informações salvas na nuvem. Além da segurança que usar a nuvem traz, a economia de espaço também é bastante significativa, já que não é preciso salvar tudo na memória do seu smartphone.

Como guardar meus arquivos na nuvem?

De acordo com seu sistema operacional, você, com certeza, já possui algum serviço de nuvem disponível. Para quem usa o Android, por exemplo, o Google Drive atende esse armazenamento, disponibilizando 15GB para salvar seus arquivos. O mesmo ocorre com o iOS, que disponibiliza o iCloud, que conta com 5GB.

É possível aumentar a memória do armazenamento em nuvem pagando por isso. Além disso, há outros serviços que atendem a essa demanda, como o OneDrive, da Microsoft (que sincroniza com sua conta Hotmail, Outlook, Live etc.). A Google disponibiliza ainda um serviço de nuvem destinado para fotos, o Google Fotos.

Não se esqueça de ativar a sincronização

Não é difícil entender como funciona a nuvem, visto que cada serviço já possui um aplicativo para facilitar o acesso. Sendo assim, basta acessar (Google Drive; Google Fotos; Arquivos, no iPhone) e ativar a sincronização. Lembre-se de que a nuvem não é o aplicativo, mas ele vai dar acesso a esse espaço: o que importa é a sua conectividade.

Com o papo que tivemos até aqui, fica bem claro que segurança de dados é um assunto importantíssimo, não é? Leia também nosso artigo sobre o assunto e fique por dentro do que fazer para manter tudo em ordem no seu smartphone!