Morar sozinho é o objetivo de muitos jovens. Mas, para conquistá-lo, é preciso estar ciente de que ele vem com grandes responsabilidades. Buscar algumas dicas pode ajudar muito quem está planejando morar sozinho

A organização é a chave para o sucesso do começo da vida independente. Um bom planejamento lhe ajudará a fazer a transição mais facilmente e também lhe preparará para possíveis imprevistos.

Neste artigo, preparamos algumas dicas importantes que farão toda diferença para você que está indo morar sozinho pela primeira vez. Não perca tempo, confira agora!

1. Levante todos os custos que você terá

A primeira tarefa é saber quais serão suas responsabilidades financeiras ao morar sozinho. Manter uma casa exige planejamento financeiro, pois todos os meses as contas vão chegar.

Aluguel, água, luz, gás, alimentação e internet são despesas básicas, mas você também precisará considerar que poderão haver imprevistos. Faça uma poupança com média de três a seis salários. Caso não seja possível, procure guardar um pouco de dinheiro por mês.

Da mesma forma, você terá gastos com a mudança e com a compra de móveis e utensílios para sua nova casa. Para economizar, uma dica é fazer um chá de casa – isso vale para os homens também! Chame seus amigos e faça uma lista de presentes com itens básicos.

2. Pesquise e escolha um bom lugar

Para escolher o local onde você irá morar, considere fatores como preço, localização e segurança. Procure uma boa imobiliária, pois ela ajudará no processo burocrático.

Verifique se o imóvel está em boas condições e se é próximo do seu local de trabalho. Por vezes, é mais vantajoso pagar um pouco a mais no valor do aluguel, do que passar muito tempo no trajeto até seu emprego.

Como é a primeira experiência que você terá fora da casa de seus pais, o aconselhável é primeiro alugar. Por mais que investir na compra de um imóvel possa parecer um bom negócio, é preciso considerar vários fatores.

Um financiamento é um compromisso longo e duradouro, você planeja ficar no mesmo imóvel por tantos anos? Ou na mesma cidade? Quais são seus planos para o futuro? Tenha tudo bem esclarecido antes de dar um passo tão definitivo.

3. Faça um plano de mudança

Mudar é muito trabalhoso! Estar preparado e ter tudo planejado tornará o processo menos desgastante. Se possível, contrate uma empresa especializada.

Organize os espaços dentro do seu imóvel e saiba onde tudo será instalado. Também vale chamar parentes e amigos para ajudar no dia da mudança.

Separe seus itens em caixas e as nomeie para facilitar na hora de encontrá-los. Marque tudo que é frágil para não ter surpresas desagradáveis ao abrir as embalagens. Tome cuidado com peças pequenas, como parafusos que podem fazer falta na hora da montagem dos móveis.

4. Aprenda a se organizar

Organização é tudo! Tanto financeira quanto física. Como comentado anteriormente, você terá contas a pagar. Não esqueça delas!

Programe no débito automático, anote na geladeira, tudo vale nessa hora, mas não deixe suas contas atrasarem.

Outra dica importante: aprenda a fazer as tarefas de casa. Essa prática trará economia e também lhe ajudará a manter sua casa limpa e aconchegante. Sempre que tiver um tempo, tire o pó, limpe o chão, etc. Um ambiente organizado é sinônimo de qualidade de vida!

5. Contrate um seguro residencial

Essa dica é valiosa para os marinheiros de primeira viagem. Além de garantir a segurança do imóvel em caso de incidentes, um seguro residencial poderá lhe socorrer em momentos de sufoco. Isso porque um bom seguro oferece assistência como, eletricista, encanador, chaveiro, limpeza e pode proteger até mesmo seu animal de estimação.

A Kakau Seguros é um exemplo de empresa que oferece esse tipo de serviço. Os planos são acessíveis, até para quem está começando a vida independente e não quer gastar muito. Outra vantagem é que os seguros podem ser contratados de forma digital ou se surgir alguma dúvida procure pela Anna ou o seu corretor.

Espero que nossas dicas para quem vai morar sozinho possam ter ajudado com esse passo tão importante da sua vida!

Gostou do nosso artigo? Então siga-nos no Facebook!