O mercado de bikes vai muito além dos modelos que vemos comumente em lojas. A verdade é que a fabricação, finalidade, leveza, as tecnologias e outros atributos ajudam a compor as características das bicicletas mais caras do mundo, que agregam total valor ao seu público-alvo.

Quais aspectos podem fazer uma bicicleta custar aproximadamente 500 mil dólares — mais de 2 milhões de reais? Pois é, praticamente o preço de uma Ferrari. Preparamos uma lista em ordem decrescente (da bike “menos cara” para a mais cara) para você descobrir a resposta: continue lendo e fique por dentro! 

5. Aurumania Crystal Edition Gold Bike

Imagine uma bicicleta banhada a ouro 24 quilates, somada a cristais Swarovski no design. A empresa francesa Aurumania (marca bastante conhecida) trouxe ao mercado essa bike, que conta também com selas e punhos em couro. Além disso, na frente da bicicleta, a peça é apresentada como edição limitada, por meio de um crachá também em couro de alta qualidade.

Em 2008, quando foi lançada, a bike chegou a ocupar o topo da lista de bicicletas mais caras do mundo. Foram apenas 10 exemplares, desenvolvidos e construídos artesanalmente. O valor? Nada mais, nada menos do que US$ 114 mil, ou seja, quase meio milhão de reais.

4. Trek Madone for Kaws

Se você é amante de ciclismo, provavelmente já ouviu falar em Lance Armstrong. Ele é um dos ciclistas mais conhecidos do mundo, justamente por suas conquistas: venceu 7 vezes seguidas o Tour de France. A bicicleta número 4 em nossa lista foi criada em homenagem a ele!

A customização é assinada pelo grafiteiro Kaws, sendo essa bike lançada para comemorar a participação de Armstrong na corrida de 2009 em Milão. Além do design diferenciado, a peça conta com uma aerodinâmica de dar inveja e acessórios interessantes. Ela foi vendida por US$ 160 mil, o equivalente a R$ 663 mil.

3. Trek Yoshitomo Nara

Falando em Armstrong, ele montou essa bicicleta no 18º estágio de uma Tour de France. Desenvolvida por Yoshitomo Nara, ela é feita de fibra de carbono e foi idealizada para atingir altas velocidades.

A bike Speed leva diversos desenhos — que reafirmam a assinatura do artista contemporâneo japonês e dão mais valor à obra —, sendo também um modelo único. Agora vamos ao valor: 200 mil dólares, ou seja, mais de 820 mil reais. 

2. Trek Butterfly Madone

Idealizada pelo artista contemporâneo britânico Damien Hirst, essa bicicleta, assim como o nome sugere, traz as asas de borboleta — literalmente; as asas são de espécimes reais —, tanto no quadro quanto no aro. Armstrong pedalou essa peça na versão 2009 do Tour de France. A bike foi leiloada por 500 mil dólares, pois bem: mais de 2 milhões de reais.

1. Mountain Bike feita de ouro maciço 24k

Para fechar a nossa lista, temos um empate: essa versão também custa meio milhão de dólares. Com apenas 13 exemplares disponibilizados para o mercado, o diferencial dessa bicicleta, sem dúvida, está na ostentação: além de ser quase inteiramente de ouro maciço 24 quilates, ela conta até com pele de arraia em sua decoração.

Esse é o modelo no topo do nosso ranking de bicicletas mais caras do mundo, visto que levou mais de 750 horas para ser desenvolvida pela empresa House of Solid Gold, nos Estados Unidos. Além do próprio corpo da bike, ela também conta com acessórios de ouro, por exemplo, uma garrafa.

E aí, ficou impressionado? Teria coragem de pagar esse valor em uma versão limitada dessas? O mundo das bikes é mesmo inusitado. Para se inteirar sobre as novidades e ter acesso a outras curiosidades como essa, assine nossa newsletter!